LU'S BLOG

Pensamentos inversos, o mundo com olhos eternos

By Luciane Dos Santos

Nos últimos tempos é comum ler ou escutar sobre caminhos evolutivos. O mundo moderno nos permite uma série de recursos que, através da informação, ajudam a eliminar crenças, transformar nosso jeito de pensar, fazer e ver as coisas.

Para sermos considerados seres evoluídos, contudo, ainda tenhamos muita estrada pela frente, pois a violência e as separações ainda estão por todo lado. A evolução exige o enfrentamento de pequenas e grandes batalhas internas, porque a mente, quase sempre, resiste quado chegam novas informações.

Ela tenta relacioná-las com algo conhecido, ou então, procura por uma lacuna para desacreditar o que ainda não conhece. Neste exato momento, por exemplo, é possível que até você já tenha iniciado este processo, para não continuar com a leitura. Ela, a mente, tem medo de saber que ainda não sabe e se assusta com coisas novas por ser muito conservadora. Com paciência, podemos ajudá-la a abrir-se a novos conceitos e possibilidades de interpretação.

A minha ideia não é destruir ou calar a mente, pelo contrário, quero conversar, conhecer e ajudá-la a abrir-se para o que ainda está por vir. Para sintetizar meu sentir, no qual a espiritualidade e a ciência pertencem a uma única compreensão, em 2016, escrevi um livro chamado Os Três Tempos de Coerência, publicado pela IMA Publishing, na Itália. Um dos capítulos do livro contém um elenco de frases que contribuem com o processo de abertura mental chamado: pensamentos inversos.

Além de provocarem algumas inversões de crenças, estes conceitos têm ajudado algumas pessoas a verem o mundo com olhos “eternos”.

Respire fundo e vamos lá.

1. Todas as coisas possuem um contrário. Nada é como parece, portanto, nada é totalmente real.

10. Os acontecimentos pertencem a um fluxo perfeito, que pode ir além do que vemos e queremos. Quando criarmos conflito, não vemos a perfeição.

17. Viver com sentido para si mesmo é o único modo de ajudar o próximo.

3. Se algo não faz sentido, faz perfeitamente sentido para entendermos que… o sentido está além.

12. Para vermos além, é preciso olhar para dentro.

9. Para ir além, é preciso parar.

19. O que chamamos luz também pode ser reconhecido como clareza?

4. Deus não precisa de nome, pois é Inteligência. Não adianta ter fé em Deus sem perceber a Inteligência em tudo.

4. Para ver Deus é necessário esquecer a visão antiga de erro e castigo.

21. A matéria é inteligente porque faz parte da criação.

22. O que acontece é sempre que pode acontecer.

11. Iluminação é inteligência aplicada ao pensamento.

5. Os níveis de compreensão utilizam a linguagem.

5. Se mudarmos a linguagem mudamos a compreensão.

6. O sentido da vida não pode estar em outra pessoa, mas, junto a outra pessoa a vida pode ter mais sentido.

15. O amor humano nem sempre é pacífico... então, não é amor.

14. A palavra “amor” tem sentido somente na paz.

14. A paz não pode ser parcial, pois o amor não é parcial.

6. O amor incondicional é uma expressão inútil, pois serve para identificar formas de amor. O amor é um.

15. Na inteligência, o mal como o conhecemos não existe.

5. O bem, como o conhecemos, não existe, porque é conhecido como o contrário do mal.

12. O perdão é uma sentença favorável após um julgamento.

12. Para não condenar, precisamos julgar. Julgar significa avaliar, escutar e conhecer as razoes do outro.

19. O que é compreendido não precisa ser perdoado.

4. A idade tem sentido somente para o corpo, fora dele, o tempo não existe.

13. A morte acontece somente para o corpo.

27. O luto é uma dor biológica, somente o corpo perde.

16. A raiva, o medo e a culpa são efeitos ancestrais, do corpo.

18. Todo apego é uma forma de medo. Todo apego é emocional e não material.

28. As emoções pertencem ao corpo.

16. O corpo nem sempre é guiado por um pensamento inteligente.

25. A ciência e a espiritualidade, quando separadas, geram escuridão.

30. A Inteligência está em tudo, não precisa de nomes, de normas e nada teme. A desordem da numeração das frases foi intencional. Nossa mente busca o controle e, com simples passos podemos ajudá-la a sair de seus esquemas.

 

A desordem da numeração das frases foi intencional. Nossa mente busca o controle e, com simples passos podemos ajudá-la a sair de seus esquemas.
shares